Auriculoterapia
Fitoterapia
Eventos
Feng Shui
Astrologia chinesa

​​R. CLAUDIO SOARES, 123 - PINHEIROS - SÃO PAULO - SP

 + 55 11 996 640 640

 LARYSSA.VALENTE@GMAIL.COM

Cranioacupuntura
Ventosaterapia
Moxaterapia

As cores sempre tiveram presentes na cultura dos povos antigos. Inúmeros relatos sobre a civilização egípcia apresentam a significativa participação das cores nos hábitos culturais e religiosos daquele povo. As cores também tiveram uma presença marcante na Índia e na China, onde fizeram parte dos hábitos sociais e da cultura religiosa desses países.


Embora o emprego das cores como elemento terapêutico esteja presente em muitas citações antigas, a primeira obra que tratou do assunto surgiu em 1877. No ano seguinte, o Dr. E. D. Babbit publicou um trabalho descrevendo o efeito terapêutico das sete cores do arco-íris, porém, foi o cientista indiano D.P. Ghadiali quem realizou ampla pesquisa sobre da influência das cores no organismo humano. Ele trabalhou e lecionou nos Estados Unidos, onde desenvolveu as lâmpadas coloridas para uso terapêutico e, em 1933, publicou um livro no qual descreveu a significativa contribuição das cores para a saúde e bem-estar.


A Cromoterapia baseia-se nas propriedades terapêuticas de cada uma das sete cores do arco-íris. Inicialmente, a vibração projetada pelas luzes coloridas age nos campos de força denominados chakras, promovendo o reequilíbrio energético destes. Em seguida, seu efeito atinge o físico, permitindo o restabelecimento dos órgãos afetados por alguma doença.


A cromoterapia é capaz de atuar no campo físico, mental e social, podendo ser um grande aliado para: o auxílio nos tratamentos de enxaqueca, promover a sensação de bem-estar, aumentar a disposição física, auxiliar no tratamentos de insônia, estimular a circulação sanguínea, estimular o Sistema Nervoso Central (SNC), aliviar os sintomas do estresse, combater o cansaço físico, mental e emocional e reduzir a ansiedade.

A Cromoterapia baseia-se nas propriedades terapêuticas de cada uma das sete cores do arco-íris. Inicialmente, a vibração projetada pelas luzes coloridas age nos campos de força denominados chakras, promovendo o reequilíbrio energético destes. Em seguida, seu efeito atinge o físico, permitindo o restabelecimento dos órgãos afetados por alguma doença.


A cromoterapia é capaz de atuar no campo físico, mental e social, podendo ser um grande aliado para: o auxílio nos tratamentos de enxaqueca, promover a sensação de bem-estar, aumentar a disposição física, auxiliar no tratamentos de insônia, estimular a circulação sanguínea, estimular o Sistema Nervoso Central (SNC), aliviar os sintomas do estresse, combater o cansaço físico, mental e emocional e reduzir a ansiedade.

Dietoterapia
Massagem Tui Na
Acupuntura
i Ching